sexta-feira, janeiro 18

Mapa Geotectônico-Geocronológico da Bahia, produzido em parceria com a CPRM, é lançado em evento de aniversário da CBPM.

Equipe executora do projeto Mapa Geotectônico-Geocronológico do Estado da Bahia

Em ação conjunta, o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) e a Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) lançaram, no dia 18 de dezembro de 2018, o Mapa Geotectônico-Geocronológico do Estado da Bahia (versão preliminar) em escala 1:1.000.000 e o livro Estruturas Geológicas Brasileiras. A cerimônia foi realizada em evento comemorativo ao 46º aniversário da CBPM, em sua sede, no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador. Estiveram presentes os colaboradores das instituições envolvidas, além de profissionais de entidades parceiras, como a UFBA, e da iniciativa privada. Na solenidade, o professor Johildo Salomão Figueiredo Barbosa (UFBA/CPBM), coordenador-geral do projeto, fez uma breve explanação sobre os produtos e esclareceu que o material será finalizado em 2019, acompanhado por uma nota explicativa.

quinta-feira, janeiro 17

CPRM apresenta estudos em desenvolvimento e ações futuras a moradores do Bairro Pinheiro, em Maceió

Jorge Pimentel, pesquisador em Geociências da CPRM, expôs as atividades realizadas
e as que ainda serão executadas pela empresa


A reunião realizada na quarta-feira (16), no auditório da Prefeitura Municipal de Maceió, Alagoas, reuniu moradores do Bairro Pinheiro e representantes do  Serviço Geológico do Brasil (CPRM), da Agência Nacional de Mineração (ANM), Defesa Civil Municipal, Estadual e Nacional, Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Defensoria Pública, do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA), Ministério Público Municipal e Estadual, além de vereadores e do vice-prefeito.

terça-feira, janeiro 15

Serviço Geológico do Brasil inicia nova fase da investigação sobre fissuras e afundamentos que surgiram em bairro de Maceió (AL)

Pesquisadores realizam levantamento da eletrorresistividade no bairro Pinheiro, em Maceió

O Ministério de Minas e Energia publicou na segunda-feira (14/1), portaria fixando diretrizes para a atuação do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) e da Agência Nacional de Mineração (ANM), no trabalho de investigação e identificação das rachaduras e afundamentos do solo no bairro do Pinheiro, em Maceió, Alagoas.

sexta-feira, janeiro 11

Mesossauro: O réptil marinho que viveu entre 230 e 290 milhões de anos atrás

Fóssil do Mesossauro












Os mesossauros são uma ordem de répteis marinhos que viveram durante o Período Permiano até o início da Era Mesozóica, no Período Triássico, portanto, existiram na Terra de 290 a 230 milhões de anos. Estão entre os répteis mais primitivos do planeta e são considerados os primeiros a retornarem para a água depois de sua evolução em terra firme.


Reprodução Gráfica do Mesossauro
Esses répteis tinham corpo hidrodinâmico, patas com membranas interdigitais, como os patos, e cauda longa que ajudavam na natação, mas em terra firme o mesossauro devia ser bastante desajeitado. O crânio era alongado e a boca estava cheia de dentes muito longos, finos e numerosos (como é possível ver no fóssil). Sua alimentação era carnívora e a distância entre a cabeça e a cauda não superava um metro de comprimento.

Distribuição Geográfica do Mesossauro

O mesossauro habitou zonas aquáticas do antigo supercontinente Pangea, mais especificamente na área conhecida como mar Irati, no centro-sul. Os seus restos fossilizados encontram-se hoje na África e América do Sul. A ocorrência de restos idênticos deste pequeno réptil nos dois lados do Atlântico foi logo vista por diversos geólogos e paleontólogos como um dos mais fortes argumentos na teoria da deriva continental.



Como era o mundo no Permiano - tempo em que viveu o mesossauro


Texto: Andrea Sander Pesquisadora em Geociências do Serviço Geológico do Brasil – CPRM


Assessoria de Comunicação 
asscomdf@cprm.gov.br
Serviço Geológico do Brasil - CPRM

sexta-feira, janeiro 4

Projeto da CPRM recicla mais de 3,5 toneladas de materiais inservíveis

A primeira remessa dos inservíveis de informática foi doada no dia 14/11.
Incluía teclados, mouses, e computadores antigos
O Escritório do Rio de Janeiro da CPRM (ERJ) fez doações de mais de 3,5 toneladas de material reciclável à Cooperativa Popular de Reciclagem e Serviços das Mulheres da Baixada (Coomub), localizada em Mesquita, na Baixada Fluminense. A ação, que foi dividida em duas partes e já tem uma terceira prevista, faz parte de um conjunto de iniciativas do Grupo de Trabalho de Prevenção a Incêndios do ERJ.

DAF implementa nova Requisição para Viagem Administrativa e/ou Campo

Empregados do Escritório do Rio de Janeiro foram capacitados para solicitação da RAC no SEI
Com o objetivo de simplificar o processo de requisições e comprovações de diárias, adiantamentos e passagens, a Diretoria de Administração e Finanças (DAF) disponibilizou no Sistema Eletrônico de Informações (SEI) do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) a nova Requisição para Viagem Administrativa e/ou Campo (RAC).